Lais investiga áreas de instabilidade, e cria situações onde o familiar se torna estranho. É recorrente em seu trabalho o uso de mapas, a astronomia e a astrologia. No livro, a artista revela que Cruzeiro do Sul está invertido na Bandeira do Brasil.

 

Lais Myrrha [Belo Horizonte, MG, 1974] vive e trabalha em São Paulo. Representada pelas galerias Athena Contemporânea, Broadway 1602, Jaqueline Martins. Individuais recentes: Corpo de prova, Sesc [São Paulo, 2017]; O instante interminável, Jaqueline Martins [São Paulo, 2015]; Projeto Gameleira 1971, Pivô [São Paulo, 2014]. Participou da Bienal de São Paulo [2016]; e da Bienal do Mercosul [2011].

Dossiê Cruzeiro do sul

Lais Myrrha

Ikrek

2017

ISBN 9788567769097
24 páginas
14 x 21 cm
Português/Inglês
100 exemplares numerados e assinados
R$ 200,00