Este slideshow necessita de JavaScript.

X-Range foi concebido por Regina Vater e publicado originalmente em 1977 pela Galería Artemúltiple, em Buenos Aires, Argentina. Esta reedição do projeto visa colocar novamente em circulação essa obra, que marca as práticas do período e que se tornou também um documento. Em um único objeto, agrega práticas experimentais de Vater e o ambiente doméstico de artistas como Hélio Oiticica, John Cage, Lygia Clark e Vito Acconci.

Regina Vater [Rio de Janeiro, 1943] vive e trabalha no Rio de Janeiro. Representada pela galeria Jaqueline Martins. Individuais recentes: Oxalá que dê bom tempo, MAC Niterói [Niterói, RJ, 2017]; Regina Vater Quatro Ecologias, Oi Futuro [Rio de Janeiro, 2012]. Participou da Bienal de São Paulo [1969].

***

“X-RANGE foi um trabalho iniciado em 1975, em Nova York.
Com ele tento encontrar a presença na ausência, assim como em outros trabalhos meus. Ao longo de X-Range, procuro registrar, de maneira poética, como um indivíduo ou grupos de indivíduos lidam com o espaço doméstico.
Acredito que, na escolha dos objetos domésticos e no modo como estes são distribuídos nos espaços privados, as pessoas se projetam e revelam suas condições culturais, sociais e psicológicas.
O que me interessa é essa poesia cotidiana que o ser humano imprime ao seu entorno através de seus gestos; uma exposição de seu modo de ser e viver.
Meu trabalho reúne vários tipos de casas dos mais diversos níveis sociais, culturais e econômicos. Até o momento, foram documentadas sessenta casas; acredito que este projeto possa ser um work in progress.
Apesar de serem registros provisórios, os rastros do ser humano também são duráveis, como sua própria existência (de tudo resta um pouco). Nada melhor que a casa de um indivíduo para conter as marcas de sua existência. Pois essa casa/ninho em que vive torna-se um cosmos em miniatura e faz transbordar o ego.” Regina Vater, 1977

 

X–Range

Regina Vater

2017

ISBN 9788567769134
8 lâminas
41 x 41 cm
Português/Inglês/Espanhol
1500 exemplares
R$ 100,00